Exercício Meditação: Energia aos Chakras

Sentado de forma confortável e com a coluna ereta e com a cabeça alinhada, calmamente contemple os pensamentos de modo a dispensá-los um a um.

Imagine uma imagem sagrada a você, o que achar melhor, foque seu pensamento nessa imagem acalmando a mente.

Quando estiver pronto, visualize uma esfera transparente na base da sua coluna, dentro do seu corpo, alinhado com a sua coluna, to tamanho de uma bola de tênis.

Agora da Terra, uma energia flui para dentro dessa esfera, através de uma cavidade apontada para baixo.

Essa energia luminosa entra de forma líquida de uma cor suave e alegre, vai calmamente enchendo essa esfera até que ela fique completa e passe a emitir Luz.

Pouco acima dessa esfera, ainda alinhado com sua coluna, na linha do baixo-ventre uma outra esfera transparente surge.

Um orifício se abre da primeira esfera apontando para cima e um pequeno túnel transparente passa a ligar as duas esferas, saindo do orifício superior da primeira e alcançando um orifício na base da segunda que está na linha do baixo-ventre.

A energia luminosa que sai da terra volta a ganhar força, fazendo mais dessa luz liquida entrar, inundando calmamente o túnel que liga as duas esferas e a esfera superior.

Pouco a pouco a segunda esfera vai também se enchendo dessa energia e por sua vez também passa a emanar Luz.

Uma terceira esfera transparente surge, alinhada com a coluna e as outras duas esferas, agora pouco acima da linha do umbigo.

Como na anterior, um túnel surge para ligar a segunda e terceira esferas e a energia volta a fluir para cima, até encher esta terceira esfera.

No centro do peito, alinhado com a coluna e as outras esferas, mais uma surge, que por sua vez também se liga a anterior e calmamente é inundada pela Luz líquida.

Com está completa e emanando Luz, mais uma esfera surge alinhada com a laringe, que se liga a anterior e também calmamente se preenche da Luz líquida.

Uma nova esfera surge, desta vez alinhada com a coluna mas na linha das sobrancelhas e o processo é repetido.

Agora essa última esfera, passa a vazar essa Luz para toda a caixa craniana, calmamente enchendo todo o seu cérebro de Luz.

Da alto da sua cabeça, um oficio se abre, jorrando essa energia líquida para cima e para os lados, iluminando tudo o que toca.

Faça com que essa energia transborde de todos as esferas e invada todo o seu corpo de Luz, fazendo-o ser completo por ela e a emanando.

Fique nessa emanação de Luz por quanto tempo quiser.

Calmamente vá sentindo seu corpo novamente, movimentando os dedos dos pés e das mãos.

Lentamente abra seus olhos.


Equipe Consciência Na Luz

Exercício Meditação: Pedra Azul

Sentado em posição confortável, feche suavemente os olhos, sem forçar ou franzir a face.

Imagine que, poucos centímetros à frente da sua testa, pouco acima das suas sobrancelhas, uma pedra preciosa azul surge.

Calmamente  faça com que esta pedra emane uma luz também azulada e gire, lentamente.

Conforme os raios de Luz lhe tocam, sinta seu corpo progressivamente se sintonizando com a pedra, limpando suas energias densas ao mesmo tempo em que passa também a refletir essa Luz Azul.

Mantenha o exercício até perceber todo o seu corpo tomado e refletindo esta Luz Azul. Em perfeita harmonia com a pedra que flutua à sua frente.

Este exercício me veio durante uma prática de meditação, enquanto ouvia o Mantra Maha Mantra cantado por Krishna Das, o exercício pode ser feito com a música que você se sentir mais à vontade, mas se preferir fazer com o Maha Mantra, sugiro que a cada vez que for entoado o nome dos avatares Krishna e Rama, imagine que a pedra brilha um pouco mais forte.

Exercício Meditação: Folhas ao Vento (Para ser feito ao ar livre!)

Olá, tudo bem com você?

Hoje venho te trazer um exercício que me veio durante uma reunião de amigos em casa e o fizemos no jardim de casa, espero que você tire muito proveito e compartilhe com seus amigos!

PREPARAÇÃO
Encontre um lugar agradável para você ficar, onde consiga sentir uma brisa fresca. Sente-se na posição que achar mais confortável, mantendo sua coluna ereta, com o pescoço alinhado com a coluna. Feche os olhos suavemente, sem forçar.
Cuidado para não ficar em algum lugar que tenha formigas, mosquitos e afins!
Lembre-se de sempre cuidar do seu corpo e da sua saúde!

PRÁTICA
Imagine uma luz no centro da sua testa, entre suas sobrancelhas, por alguns instantes, para concentrar seus pensamentos.
Agora, observe calmamente sua respiração, sem aumentá-la nem diminuí-la, somente passivamente observando…
A cada inspiração, imagine que o seu corpo se enche de energia… tornando-o um veículo carnal feito de Luz.
Sinta a brisa que flui à sua volta e mentalize que o seu corpo, que agora é feito de luz, se desfaz em pétalas energéticas (lentamente sendo levadas pelo vento para longe).
À medida que o seu corpo se desfaz em pétalas, é revelada uma esfera de energia muito reluzente no centro do seu peito (que e você mesmo brilhando).
Sinta-se livre do seu corpo.
Perceba que você não é somente o seu corpo, mas algo muito além…
Abra a sua consciência, pois você está conectado com o Todo.
Você faz parte de tudo.
Fique alguns minutos nesta energia…
Calmamente, retorne ao seu estado normal, sentindo novamente o seu corpo e agradecendo a oportunidade de mais uma vez sentir esta energia.

 

Fiz este exercício ao som do mantra OHM TARE TUTTARE TURE SOHA que é um mantra ligado a purificação e alívio de sofrimentos. Segue um link de um vídeo no YouTube com um versão do mantra. Se preferir, entoe o mantra em silêncio, somente na sua mente, enquanto efetua o exercício.


Equipe Consciência Na Luz

Notas do Professor Wagner Borges:
* Dentro do contexto do Budismo Tibetano, há três Bodhisattvas muito queridos pelos devotos: Manjushri, o Senhor da Sabedoria; Avalokitesvara, o Senhor da Compaixão (criador do mantra da compaixão: Om Mani Padme Hum); e Tara, a Senhora da cura, da energia e da alegria (cujo mantra é “Om Tare Tutare Ture Sohá!”).

Agradecemos o Professor Wagner Borges do IPPB (http://www.ippb.org.br/) pela revisão do texto e publicação em seu próprio site.

Paz e Luz, Professor!

Exercício Meditação: Chamas de Luz

Olá!

Durante uma meditação um exercício me veio e eu o editei de uma forma que tanto você possa ler para tentar sozinho, como você pode aproveitar este texto para fazer uma meditação guiada com seus amigos, familiares ou grupos de estudos! Façam bom proveito!

Chamas de Luz

Bem acima da sua cabeça, encostando nela, imagine um vaso feito de um elemento parecido com o vidro, mas que tenha um suave brilho dourado emanando dele, de forma bem suave, sem forçar demais sua mente, deixe que a imagem apareça calmamente, sem franzir a testa, relaxando todos os músculos do corpo, mantendo a cabeça ereta, alinhada com a sua coluna.

Agora imagine que de lá do alto, de um local muita acima no universo, de onde não conseguimos ao certo precisar a fonte, uma energia desce calmamente, em forma de uma energia feita de Luz líquida, sendo lentamente derramada no vaso de vidro, que está bem em cima da sua cabeça.

Um vaso de vidro que reluz dourado bem em cima da cabeça, e uma energia em forma de Luz líquida calmamente entrando no vaso.

Esta Luz líquida que se acumula calmamente no vaso, agora com a mesma calma, flui para dentro da sua cabeça, lentamente iluminando-a, tornando o seu rosto reluzente dourado.

Um vaso de vidro que reluz dourado bem em cima da cabeça, e uma energia em forma de Luz líquida calmamente entrando no vaso e essa luz fluindo para dentro da sua cabeça, tornado sua cabeça reluzente.

Esta Luz líquida agora escorre suavemente pela sua coluna até a linha da sua garganta, onde lá ela se divide, e escorre calmamente por dentro dos seus braços, em direção das suas mãos.

Na palma de cada uma de suas mãos agora, um círculo desta energia dourada se forma e, alimentado pelo fluxo de energia que corre desde o alto, passando pelo seu corpo, nas palmas de suas mãos, chamas douradas se ascendem!

Estas chamas, representam a energia do alto! Que flui através de você e nutre este mundo com boas energias! As quais você auxilia na passagem!

Deixe esta energia fluir calma e livremente por você, sem forçar nada, nem contrair nenhum músculo, mantendo no entanto a cabeça ereta, alinhada com a coluna.

Agora, agradeça ao alto a oportunidade de experimentar esta experiência, e calmamente interrompa este fluxo de energia, movimentando calmamente as suas mãos, sentindo mais uma vez todo o seu corpo e abrindo os olhos.


Equipe Consciência Na Luz

Dicas para Projeções da Consciência mais agradáveis!

 

A projeção da consciência é uma atividade extremamente prazerosa e pode ser muito proveitosa a nossa evolução espiritual se soubermos como aproveitá-la.

Só que alguns costumes rotineiros em nossas vidas acabam por tornar estas nossas experiências agitadas, muitas vezes nos impedindo da obtenção da lucidez fora do corpo, nos tornando uma espécie de zumbis noturnos, desperdiçando uma grande oportunidade que nos abre a cada noite.

Listo a seguir alguns destes costumes e algumas dicas que a mim funcionaram muito bem na melhora da minha experiência.

É claro que isso acaba por ser uma coisa muito pessoal e o que funciona para mim nem sempre funcionará tão bem a você, caso você tenha suas preparações que já funcionam bem, excelente! Continue com elas e sinta-se  à vontade de incluí-las nos comentários! Todo conhecimento é bem vindo! Espero de coração que estes detalhes melhore bastante a sua própria experiência!

Trabalhar até tarde, ir dormir logo na sequência

Esta é uma das principais causas para mim de acabar por trabalhar a noite toda! Sem perceber acabo indo dormir logo após trabalhar até tarde e já ganhei consciência fora do corpo sentado na minha cadeira do escritório! Logo que ganhei consciência saí, mas quantas vezes não consegui? Sonhar que estar trabalhando é isso.

Sabemos que o mundo de hoje é muito agitado e não serão todos que conseguirão organizar a sua agenda de modo a permitir a si mesmo um tempo, mas se possível, dê um intervalo de pelo menos duas horas (sem precisar cronometrar, esta é uma sugestão) entre o final de suas obrigações diárias e o seu período de descanso.

É importante também que este intervalo seja preenchido de atividades leves e elevadas consciencialmente, abaixo damos alguns exemplos de atividades!

Filmes tensos de ação ou terror

Pessoalmente adoro filmes de ação e até mesmo terror, logo não estou falando que você não deva vê-los! Só se policie a não receber este tipo de estímulo a poucas horas do sono. Se você é do tipo de pessoa que se impressiona muito com este tipo de filmes, aí talvez seja aconselhável evitá-los completamente. Somente você é o juiz de si mesmo, use sua inteligência, a escolha é sempre sua!

Quanto mais positivos forem os seus pensamentos antes da hora de dormir, melhores serão suas experiências fora do corpo!

Notícias pesadas e redes sociais

Claro que você não deve se tornar um alienado! Também sabemos que as redes sociais, assim como inúmeras outras ferramentas presentes hoje na internet são muito úteis na obtenção de informações.

O problema está alta capacidade da má notícia, da competição, ostentação, má educação, inveja e tantos outros sentimentos ruins têm de aflorarem nestes meios. Não se isole do mundo, você está aqui para cumprir a sua missão nele! Mas lembre-se que sua casa é nas estrelas! E é pra lá que você quer ir durante o sono da carne.

Ouça boa música

Boas músicas instrumentais ou de mensagens elevadas tem a capacidade de nos levar para longe e elevarem muito nosso padrão de pensamento!

Procure educar seu ouvido a estas músicas e você sentira a diferença ocorrendo em você. Algumas músicas tocadas durante a noite podem até mesmo facilitar projeções! Falaremos disso em posts futuros!

Enquanto escrevo este post, estou ouvindo o álbum Tahoe Spirit – de Mars Lasar, deixo aqui o link no Spotify, um álbum instrumental com temática Xamânica. Fica aí uma dica a você!

Leia bons livros

Devido ao constante bombardeamento de informações que recebemos atualmente, é comum termos dificuldade em dedicar-nos à leitura. Para tentar ajudar nisso, seguem algumas dicas:

  • Comece pequeno:

    • É difícil no início encontrar tempo para a leitura. Comece então pequeno, com um livro curto que você sabe que contém uma boa mensagem! Fernão Capelo Gaivota é uma ótima dica de início! Um livro curto com uma bela mensagem que provavelmente lhe incentivará a ler mais!
  • Não tenha pressa:

    • O dicionário é um excelente aliado aqui. Não corra pelas linhas do livro sem entender o que leu. Não tenha pressa em terminar! Ler é um enorme prazer e dá um sentimento de vazio quando um bom livro termina. Deixe-se levar pela história mas não tenha pressa! é a jornada que é divertida! Não o destino!
  • Desligue a TV, deixe o celular para depois:

    • Fontes enormes de distração, perda de tempo e, como falamos anteriormente, de má influência. Deixe isso para depois! Reserve um tempo para deixar a sua mente viajar! Uma dica de livro neste padrão é o Ramayana, clássico livro da literatura indiana, uma viagem linda e cheia de luz, com grandes diversões a aprendizados valiosos! Se estiver procurando uma coisa mais ocidental, posso te recomendar uma leitura recente minha que foi Mistborn – Nascidos da Bruma, uma história também bastante lúdica e de diversão garantida!

 

Espero ter te ajudado! Boas noites e bons vôos!

Exercício Meditação: Luz do Alto

enlightened-man-sm

Olá!

Gostaria de passar a você, irmão de jornada, um exercício que recebi intuitivamente e que tem  me feito sentir muito bem com ele, especialmente pela manhã antes de partir para minha jornada diária de trabalho. Espero que aproveitem!

 

Exercício:

Sentado em sua posição mais confortável e de olhos fechados, tente de concentrar no centro da sua testa. (Para quem tem problemas na concentração, já postei aqui um exercício que uso frequentemente para limpar um pouco a mente)

Imagine que este ponto no centro da testa tem Luz, e ela emana para fora como um farol.

Após alguns minutos, imagine uma Luz dourada vinda do Alto, uma coluna de Luz, penetrando seu corpo pelo alto da sua cabeça.

Essa Luz toma toda a sua cabeça e faz a Luz no centro da sua testa emanar ainda mais forte para fora. (Sem franzir a testa ou coisa assim, tudo ocorre somente na sua mente)

Agora esta coluna de Luz que veio do alto e dominou a sua cabeça, desce pela sua espinha até a altura do seu coração. Lá, ela ascende uma Luz no centro do seu peito, em formato circular, crescendo conforme recebe mais energia do Alto.

Esta bola de Luz agora cresce, envolvendo todo o seu corpo em um círculo dourado de Luz.

Este círculo agora se expande ainda mais, tomando de Amor todo o cômodo que você está, iluminando sua casa, seu bairro, sua cidade! Cresça-o sem limites! Espalhe Amor para todo o mundo!

Volte devagar, agradecendo a energia que você recebeu e gerou.

 

Ohm Hare Hara


Equipe Consciência Na Luz

Projeção astral: Relato e Sintomas Projetivos!

 

9232c49fee9150d10d33d759fc63da88

Durante esta noite tive uma experiência projetiva que considerei completa, consegui obter consciência ainda colado levemente ao corpo, o que me permitiu sentir vários sintomas projetivos que muitas pessoas sentem e que às vezes resulta em medo, coisa que não tem o porque, já que durante uma projeção, não existe possibilidade alguma de seus espírito não encontrar o caminho de volta ao corpo, até porque em momento nenhum realmente se descolou completamente dele, vamos em partes ao que ocorreu:

Acordei e não posso me mexer!

2-2

Quando acordei, percebi que já não estava totalmente colado ao corpo e o sintoma que isso apresenta é o fato de você não conseguir mexer o corpo.

É comum o pânico nestas situações, deste sintoma chamado de CATALEPSIA PROJETIVA, por isso mesmo é importante a leitura constante sobre projeção já que nesse estado de consciência, nosso raciocínio lógico está um pouco embaçado e acabamos por reagir por instinto. Se o seu estudo é muito esporádico ou nenhum sobre a matéria, sua reação será pânico, como uma animal que luta pela própria vida. Sendo o seu estudo mais frequente, de uma forma que esta informação penetre toda a sua mente, ao sentir isso, sua reação será de calma!

Importante notar aqui também que após algumas vezes estudando projeções, assim que você tiver uma consciente, o sentimento pode ser de alegria extrema! Só tome cuidado para não ter isso ainda muito próximo ao corpo, já que quando ainda estamos muito próximos, sentimentos extremos nos traciona de volta ao corpo, estragando a sua projeção! Então, se perceber que ainda está muito próximo do corpo, como eu notei essa noite, o segredo é serenidade, pode até calmamente entoar uma oração ou mantra o qual se sinta mais confortável até se afastar bem do corpo. Depois que estiver fora, pode extravasar à vontade! Isso só atrapalha no comecinho!

Estou inflando!

zero_suit_samus_balloon_by_berry_duke96-daoousw

Este foi o segundo sintoma que experimentei e também é muito comum, este sintoma é chamado de Ballonement.

O Ballonement é uma expansão da nossa aura, sintoma que também pode acontecer durante uma oração ou meditação. O que você sente são partes do seu corpo, como a sua cabeça, mãos, ou até mesmo o corpo todo se inflar como se fosse uma bexiga!

Esse é um bom sintoma! O Ballonement geralmente te ajuda a ser impulsionado para fora do corpo, facilitando em muito a projeção.

Estou com uma parte presa ao corpo!

clip_image0028

Este foi meu terceiro sintoma da noite que, apesar de ter durado pouco, senti que a minha cabeça ainda estava presa ao corpo, este sintoma também é muito normal e para resolver ele vale a mesma ideia da paralisia projetiva, manter a calma, se preferir pode entoar um mantra ou uma oração que esteja mais confortável, tanto faz a sua linha religiosa. Outra coisa que eu já senti que ajuda também é começar a pensar onde você que ir, quando menos esperar, já está indo em direção ao lugar.

O que aconteceu comigo foi ter a cabeça presa na hora que o resto do meu corpo estava sendo projetado, como ela se soltou logo depois, eu acabei saindo girando do corpo dando uma espécie de pirueta, mas logo tomei controle e parei de girar.

Sinto que estou fora do corpo, mas estou pinicando!

rr-magazine-astral-projection-rrm

Este é um dos meus sintomas mais comuns. Não é todo mundo que o sente, mas ainda assim é bastante possível.

Esta sensação tem a ver com o que falamos no início do texto de nunca realmente estarmos desconectados do corpo. A sensação de pinicar está ligada ao que é chamado cordão de prata, conhecido também por outros nomes, é a ligação inquebrável que temos sempre com o nosso corpo estando fora dele.

Este cordão está ligado cada micro-parte do nosso corpo, são vários cordõezinhos que, no momento em que nos distanciamos do corpo, todos eles se agrupam em um único cordão, é sabido que este cordão tem uma coloração azul-prateada, já largamente documentada por pessoas que tem a sensibilidade de vê-lo, por isso o nome cordão de prata.

Não queria voltar ainda, mas fui tracionado de volta ao corpo!

703a5ce6621296c094ae99da1c92a7e2

Ah, esse é o sintoma mais triste e inevitável! Uma hora você tem que voltar!

A volta pode acontecer por vários motivos, seu despertador tocou, alguém te deu um cutucão enquanto dormia, uma barulho muito alto junto ao corpo, tipo um alarme ou motor barulhento por exemplo.

Como falamos anteriormente, não tem jeito, temos de voltar todos os dias mesmo que tenhamos o desejo de por lá ficar.

Um sintoma muito comum de que você foi tracionado de volta ao corpo de uma projeção é o aumento de adrenalina no seu sistema, aquele sentimento de queda na cama seguido uma pulsação muito forte do coração e respiração ofegante. Nós somente conseguimos nos projetar com o corpo totalmente relaxado e em sono profundo, qualquer coisa que quebre este padrão, infelizmente, nos trás de volta ao corpo!

A melhor coisa que você pode fazer ao sentir isso, é agradecer a Deus pela oportunidade de mais um vôo destes, agradecer o aprendizado e, talvez, manter um caderninho próximo à sua cama para anotar o que viu, uma vez que é muito comum esquecermso da experiência momentos mais tarde!

 

Espero que tenham gostado deste post, fiquem todos com Deus!


Equipe Consciência Na Luz

Exercício Meditação: Pranayama – Parte II

chacras

Bem vindo(a)!

O post de hoje é uma continuação do post Exercício Meditação: Pranayama – Parte I, caso você não tenha lido, é legal dar uma passadinha lá para rever alguns conceitos e na verdade esta parte fica meio sem sentido sem aquela!

Para este post irei seguir a mesma dinâmica, primeiro conceitos depois a prática, então vamos lá!

Conceitos

Nesta segunda parte, iremos energizar sete pontos do nosso corpo, conhecidos desde os primórdios na humanidade como pontos principais de energia, eles são chamados CHACRAS. Abaixo uma breve explicação sobre eles e abaixo forneço uma bibliografia para uma consulta mais aprofundada.

A imagem abaixo mostra a posição dos chacras no nosso corpo:

Esta imagem eu peguei no blog oficinadasbruxas.com, onde lá elas têm uma explicação muito detalhada sobre os chacras, por isso recomendo a leitura.

 

Exercício – Parte II

Após ter seu corpo cheio de Luz, obtido através da parte I, nós iremos nos concentrar em nossos chacras.

Mentalize o chacra básico, você pode visualizá-lo em silêncio, mas existe também um mantra para cada chacra que você pode entoar, para o chacra básico é: OM LAM

Sinta que sua consciência se transporta para este chacra, como se você estivesse dentro de você mesmo, dentro deste chacra, envolto em uma esfera de Luz, toda preenchida, não há espaços vazios nela, somente Luz, fique nesta Luz por um tempo, se quiser, meça por respirações, sem aumentá-la ou diminuí-la, somente prestando atenção nela, fique nesta Luz sem mais ações, por volta de 10 respirações ou mais, você é quem determina, respire e expire Luz.

Agora dentro desta esfera de Luz, imagine que na parte superior, bem acima da sua cabeça, este esfera abre um círculo, é um túnel que te leva ao segundo chacra, o chacra sexual, suba sua consciência lentamente por este túnel, enchendo-o de luz enquanto você sobe, seu chacra básico, era na nase da sua coluna, seu segundo chacra também é na coluna, na altura da bacia, este túnel que você está subindo é um caminho na sua coluna que liga um chacra ao outro.

Chegando no chacra sexual, repita a operação do básico, enchendo-o de Luz. Respire e expire Luz. Encha este chacra de Luz radiante, fique nele o tempo que achar necessário, se quiser, use o mantra: OM VAM

Agora novamente um túnel se abre nesta esfera acima da sua cabeça levando ao chacra do Plexo Solar, suba por ele, enchendo-o de Luz enquanto você passa. Uma vez no chacra, repita a energização, respirando e expirando Luz e se quiser, use o mantra: OM RAM (O som do “R” é de um r fraco, como na palavra “soro”)

Repita a operação do túnel após energizar o chacra do Plexo Solar, subindo até o chacra Cardíaco, a morada do amor ágape, repita a energização neste chacra, se quiser, use o mantra: OM YAM

O próximo é o chacra da laringe, suba até ele pelo túnel de Luz mais uma vez e encha-o de energia, podendo usar o mantra: OM HAM (Neste caso o “H” soa como “R” forte, assim como na palavra “carro”)

Chegamos agora ao chacra frontal, localizado na testa, entre as sobrancelhas, energize-o utilizando somente o manta: OM!

Finalmente, chegamos ao chacra coronário, aquele que está acima da nossa cabeça e toca a coroa da nossa cabeça, energize-o também utilizando o mantra: OM!

Deste chacra, sinta que de cima vem uma energia renovada, de luz dourada, é uma Luz divina, deixe que a cor desta Luz domine todo o seu corpo. Respire este Luz! Expire a Luz! Fique quanto tempo desejar!

Este é fim do exercício!

Espero do fundo do coração que vocês tenham gostado deste exercício e Oxalá ele ajude-os em seu crescimento espiritual assim como ele tem me ajudado também!

Fiquem todos com Deus!


 

Equipe Consciência na Luz

Exercício Meditação: Pranayama – Parte I

spirit-2-966x543

Olá!

Hoje gostaria de iniciar uma série de posts sobre um exercício que adaptei de alguns outros que fiz, e ele sempre me fez sentir renovado e muito bem!

Antes de partir para a primeira parte do exercício, acredito ser prudente que levantemos algumas considerações do significado de algumas coisas importantes a ele, então vamos lá:

Conceitos

Prana

É a energia que foi descrita nos Upanishads* como a energia cósmica vital, assim mencionado na tradução de Swami Paramananda:

“O que quer que exista no universo é envolvido em Prâna e vibra em Prâna. Este é um terror poderoso , como um grande trovão. Aquele que O conhece, torna-se imortal.”

– Upanishads (6, 2)

Tradução livre do Inglês, a partir da tradução de Swami Paramananda

Prâna está em tudo, a essência energética do TODO, e acredita-se que os seres vivos absorvem Prana principalmente pela respiração.

Pranayama

Pode ser definido como o conhecimento e o controle do Prana. Os exercícios de controle do Prana são geralmente exercícios de respiração e controle dela, assim como a primeira parte do exercício que faremos hoje. Vamos a ele então!

Exercício

Dica: Tente fazer o exercício ouvindo uma música elevada! Estou escrevendo este texto ouvindo a música “Calling Wisdom” de Karunesh. Se você tem Spotify, segue o link para a música.

O intuito do exercício é fazer com que você conscientemente sinta o Prana ser absorvido pelo seu corpo, trazendo energia e equilibro para a sua consciência! Este tipo de prática não representa risco algum, é apenas um relaxamento para a mente.

Escolha uma posição confortável para sua meditação, a minha é a posição de Lótus e para tal, tenho uma almofadinha para isso. Você pode fazer isso em uma cadeira confortável se quiser, só tente não ficar com a cabeça apoiada e nem para baixo, pois é fácil cair no sono nessa posição! Se acabar por cair no sono, não se preocupe, isso significa que você relaxou e só isso já é um grande presente! Com mais prática, você chegará ao fim do exercício!

Tente limpar sua mente de pensamentos ruins, essa não é a hora deles, aqui no blog já postamos um excelente exercício para isso, caso queira usar como apoio.

Preste atenção na sua respiração, sem aumentá-la nem diminuí-la, só preste atenção nela.

Perceba o ar entrando e saindo, deixe sua respiração calma, você está em paz agora…

Imagine que o ar que você inspira é feito de uma luz prateada/azulada viva!

Deixe essa luz penetrar no seu nariz ou boca, da forma que achar mais confortável, sinta essa luz por um tempo.

Ao exalar o ar, imagine que com ele, saem suas preocupações, medos em forma de um gás escuro. Inspire Luz, expire o que você não deseja dentro do seu coração. Sinta-se leve, e passe a inspirar e expirar Luz, você é um com ela, ela é um com você.

Sinta que o seu pulmão agora é feito de Luz!

Essa Luz que está em seus pulmões, é bombeada pelo sangue para o seu coração.

Seu coração envolto em Luz e um como Ela, espalha-a por todo o seu corpo, suas veias são feitas de Luz, seus órgãos são Luz! Você é Luz!

Permaneça nessa Luz um tempo. Quando achar que deve, lentamente, abra os olhos, sinta a energia que você recebeu, agradeça a Deus pela oportunidade!

Esse é o fim da primeira parte do exercício!

Fiquem todos na Luz!

 


Equipe Consciência Na Luz

 

PARTE II: Exercício Meditação: Pranayama – Parte II

Exercício Meditação: Gaveteiro dos Pensamentos

img-08

Este exercício veio a meu conhecimento através da leitura dos livros do mestre iogue Swami Vivekananda, o monge errante que escreveu vários grandes livros, mas infelizmente nem todos são traduzidos para o português.

Swami Vivekananda falava que nossa mente (Chitta, como denominado em Sânscrito) é como um lago de águas claras. Para que a luz possa penetrar com mais facilidade nas águas deste lago, é preciso que estas águas estejam calmas. No caso da nossa mente (Chitta) o conceito é o mesmo, para que nossa conexão com o Universo seja clara, é preciso livrar nossa mente de perturbações (Vrittis, em Sânscrito).

É muito comum nas primeiras tentativas de meditação, mesmo enquanto tentamos nos concentrar em uma imagem ou pensamento em específico, nossa mente nos desviar para longe, o que só com o tempo e paciência conseguimos, conforme já disse o mestre Krishna no Bhagavad Gita, quando o príncipe Arjuna questionou ao mestre, sobre caso similar:

Sempre que a mente agitada e inquieta se por a vagar dispersa, para cá e para lá, o yogi deve convidá-la, gentilmente porém com firmeza, para que volte a contemplar o reflexo do Espírito

— Mestre Krishna (Bhagavad Gita [6.26]){Tradução de Rafael Arrais}

Abaixo segue um exercício baseado nos escritos de Swami Vivekananda:

Exercício do Gaveteiro dos Pensamentos

Se coloque na sua posição favorita de meditação (DICA: Evite ter a cabeça abaixada ou encostada em algum lugar, isso ajuda a evitar cair no sono).

Perceba que os pensamentos correm na sua mente como se fosse um cinema 3D em uma tela, algumas pessoas percebem essa tela como tendo 360 graus.

Perceba-se como um espectador deste show.

Agora você terá o objetivo de ver esta tela em branco ou alguma outra tonalidade leve de luz que te acalme, evite cores escuras, pense em cores leves e brilhantes.

Para fazer isso, imagine que em algum canto fora do seu foco principal da tela, surge um gaveteiro.

A partir de agora, a cada novo pensamento que surgir na sua tela mental, tente engavetá-lo, instruindo a este pensamento que agora não é a hora dele.

Se o mesmo pensamento voltar, tente engavetá-lo de novo. Como mencionou nosso mestre Krishna, isso não deve ser uma coisa forçada, porém deve demonstrar firmeza.

Pratique isto até que nenhum ou apenas poucos pensamentos lhe incomodem durante a sua meditação.


Equipe Consciência Na Luz

Nota sobre o exercício: É claro que muito poucos, se é que alguém de nós, consegue zerar a cabeça de pensamentos de forma fácil, mas posso assegurar que minha prática deste exercício ajudou muito na minha concentração, não só na hora da meditação, mas também na hora do trabalho.

Se isso der certo para você da primeira vez parabéns! Se não, não desanime! A meditação, como quase todas as coisas na vida se aperfeiçoa com constante prática e insistência!

Que o Senhor Krishna ilumine todos os seus esforços!

Hare Krishna! Hare Rama! Ohm Tat Sat!